• Alckmin sobe tom contra Bolsonaro em propaganda eleitoral

    Foto: Wilson Dias | Agência Brasil
    Foto: Wilson Dias | Agência Brasil
    Por Juliana Rodrigues

    21/09/2018 - 08:00

    Campanha do tucano atacou proposta de Paulo Guedes e associou polarização à transformação do Brasil em uma "nova Venezuela" 

    O candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, usou o horário eleitoral de ontem (20) para apresentar ataques mais duros ao presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, que é líder nas pesquisas. A proposta de unificação de impostos sobre transações financeiras, apresentada por Paulo Guedes, assessor econômico de Bolsonaro e possível ministro em um eventual governo do capitão reformado, foi classificada por Alckmin como "um tiro no pobre" e "um tiro na classe média". A propaganda do tucano ainda chamou Guedes de "banqueiro milionário" e afirmou que o Brasil poderá "se tornar uma Venezuela" com a polarização entre o PT e Bolsonaro. Confira o vídeo:

MAIS NOTÍCIAS