• Secretário desmente fim do Planserv: 'A quem interessa essa obsessão pelo plano?'

    Foto: Elói Corrêa | Secom
    Foto: Elói Corrêa | Secom
    Por Alexandre Galvão

    31/08/2018 - 07:00

    Para o chefe da Comunicação, o período eleitoral é muito "fértil" para o aparecimento de notícias falsas

    Secretário de Comunicação do governo Rui Costa (PT), André Curvello negou que o Planserv vá acabar. Hoje (30), uma montagem do Diário Oficial da Bahia trazia a informação da privatização do serviço de saúde dos servidores estaduais e dependentes. "Essa notícia se espalhou de forma mais agressiva. Temos o papel de esclarecer isso. A SSP e Procuradoria do Estado foram acionados. Vamos tomar as medidas cabíveis com máxima urgência. Não podemos tolerar que a gente fique sujeito. Ainda mais ludibriando as pessoas com um assunto sério como o Planserv", afirmou. Segundo Curvello, o plano estadual é o terceiro maior do Brasil. "Estamos em constante evolução. A gente precisa se questionar a quem interessa essa obsessão pelo Planserv. É um patrimônio do servidor público. Não vai ser privatizado", asseverou, em entrevista à Rádio Metrópole. Para o chefe da Comunicação, o período eleitoral é muito "fértil" para o aparecimento de notícias falsas. "O governo, institucionalmente, está afastado do processo eleitoral. Sofremos com os respingos disso. O governador é candidato à reeleição e, claro, existem informações que não são verdadeiras que cabem ao governo responder. Temos que utilizar as nossas ferramentas para utilizar serviço de utilidade pública".

MAIS NOTÍCIAS