• Sob pressão, Temer mudará base curricular para o ensino médio

    Foto: Reprodução
    Foto: Reprodução
    Por Clara Rellstab

    18/07/2018 - 11:00

    Ajustes serão feitos para atenuar as resistências à proposta – a meta do governo é de que medida seja aprovada ainda em 2018

    O Ministério da Educação decidiu alterar e ampliar a Base Nacional Comum Curricular referente ao ensino médio, alvo de críticas desde a apresentação do texto que seria definitivo, em abril. Segundo o G1, os ajustes serão feitos para atenuar as resistências à proposta – a meta do governo Michel Temer (MDB) é que ela seja aprovada ainda em 2018. A base define aquilo que os alunos de escolas públicas e particulares devem aprender na educação básica. Ao ser aprovada, será definido um prazo para tirar a medida do papel. A tendência, no entanto, é de que os estados tenham dois anos para adaptar os currículos.

MAIS NOTÍCIAS