• Após anúncio de Coronel candidato, PSB reage: 'Erro histórico'

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Alexandre Galvão

    25/06/2018 - 21:00

    A legenda alega ainda que senadora teria maior viabilidade eleitoral do que presidente da Assembleia

    O PSB, comandado na Bahia pela senadora Lídice da Mata, reagiu de forma dura ao anúncio do nome do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Angelo Coronel (PSD), para a disputa pelo Senado. Com a decisão, o grupo do governador Rui Costa (PT) tira da socialista a possibilidade de reeleição. "O PSB da Bahia não terá compromisso com este erro histórico, porém, mais uma vez coerente com a sua própria história, reafirma seu apoio à candidatura de Rui Costa e de Jaques Wagner para senador da República", diz o partido, em nota. A legenda alega ainda que Lídice teria maior viabilidade eleitoral do que Coronel. "E, por fim, pelo critério eleitoral, em que Lídice desponta com 26% da preferência dos eleitores colocando-se em segundo lugar, logo abaixo do ex-governador Jaques Wagner, com 36%. O deputado Ângelo Coronel obteve apenas 3% da preferência popular", aponta. A legenda agredece aos adversários políticos que pediram a presença de Lídice nas chapas, mas revela que negou os convites. "Agradecemos as generosas ofertas do deputado Jutahy Magalhães Júnior, do ex-ministro João Santana e do ex-prefeito João Henrique, mas por um dever de coerência política e ideológica, inclusive ressaltado pelo prefeito ACM Neto, declinamos delas", aponta.

MAIS NOTÍCIAS