• Caetité, Guanambi e Brumado estão entre os municípios em situação de risco para dengue, zika e chikungunya; veja a lista

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    20/06/2018 - 16:16

    Conforme relatório do Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) de 2018, os municípios de Caetité, Guanambi, Brumado, Tanque Novo, Matina, Rio do Antônio, Riacho de Santana, Igaporã, Lagoa Real, Malhada de Pedras, Vitória da Conquista, entre outros, estão entre os 320 em situação de alerta ou risco de surto de dengue, zika e chikungunya no estado da Bahia. De acordo com o Ministério da Saúde, desse total, 142 estão em risco de surto das doenças. Outros 178 aparecem em alerta e 95 estão em situação satisfatória. “O resultado do levantamento indica que é necessário dar mais atenção nas ações de combate ao mosquito. A prevenção não pode ser interrompida, mesmo no período mais frio do ano”, alertou o secretário de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, Osnei Okumoto, em nota divulgada no site do ministério. O Levantamento Rápido de Índices por Aedes aegypti (LIRAa), é um instrumento fundamental para o controle do vetor e das doenças (dengue, zika e chikungunya). Com base nas informações coletadas, o gestor pode identificar os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito, bem como o tipo de criadouro predominante. O objetivo é que, com a realização do levantamento, os municípios tenham melhores condições de fazer o planejamento das ações de combate e controle do mosquito. Confira a lista completa.

  • Caetité
    Guanambi
    Brumado
    Tanque Novo
    Matina

MAIS NOTÍCIAS