• Maetinga e Ribeirão do Largo têm mais eleitores do que habitantes

    Foto: Reprodução
    Foto: Reprodução
    Por Nildo Freitas

    15/06/2018 - 18:00

    A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) divulgou um levantamento apontando que Maetinga e Ribeirão do Largo, no Sudoeste baiano, têm mais eleitores do que habitantes. Completam a lista Potiraguá, Lajedão e Serra Preta. Maetinga é o município baiano com a maior discrepância entre eleitorado e população. A cidade possui 6.736 pessoas aptas a votar, enquanto a população não passa de 4.456. A diferença de 2.280 pessoas. O município aparece na quarta posição nacional e na terceira do Nordeste entre as cidades com maior diferença entre o número de eleitores e o de habitantes. Conforme o Tribunal Superior Eleitoral, as discrepâncias consiste na distinção entre domicílio eleitoral e domicílio civil. Enquanto o chamado domicílio civil é mais restrito por limitar-se à residência na qual se anseia permanência definitiva, o domicílio eleitoral é aplicado de forma mais flexível, abarcando a localidade na qual o eleitor comprova residência acrescida de envolvimentos afetivos, familiares e sociais. Dessa forma, é possível o cidadão morar em uma cidade e votar em outra.

MAIS NOTÍCIAS