Mãe luta por tratamento para o filho com necessidades especiais em Livramento - Sudoeste Notícias





  • Mãe luta por tratamento para o filho com necessidades especiais em Livramento

    Foto: Reprodução | 88 FM
    Foto: Reprodução | 88 FM
    15/05/2018 - 08:31

    Em Livramento de Nossa Senhora, familiares de Vitor Fernandes, 06 anos de idade – portador de necessidades especiais – lutam para conseguir o tratamento adequado para a criança. Em entrevista à Rádio 88 FM, a mãe do menino, Elisângela Fernandes Fonseca falou que o município, através do setor responsável, não tem lhe proporcionado condições dentro do que prevê o (ECA), para que ela possa pelo ao menos amenizar o sofrimento do seu filho. “Eu não tenho condições financeiras de custear o tratamento, pois a única renda que tenho é o auxílio doença que ele recebe, tendo em vista que não posso trabalhar, pois tenho que cuidar dele o dia todo, além disso, sou divorciada e o pai dele paga uma pensão R$ 100,00, é um valor pouco para os gastos que são muitos. Já faz um ano que meu filho não faz sessões de fisioterapia, por que a Policlínica de Livramento não dispõe do profissional nesta especialidade para atender crianças, exceto um caso existente aqui em nossa cidade que uma mãe precisou acionar o Ministério Público para ter direito a este atendimento para seu filho e o que me causa mais indignação é o fato de que mesmo com vários relatórios em mãos encaminhando meu filho para um acompanhamento na cidade de Vitória da Conquista, ainda encontrei dificuldades para conseguir as passagens pelo município, só depois de muitas idas e vindas a Central de Marcação que me concederam os passes”. A mãe relata ainda que o menino apresenta sangramento pelo nariz e também pelo ouvindo e a cada dia que passa seu quadro só piora. “Meu filho está com os nervos atrofiando por falta da fisioterapia, ele precisa de um fonoaudiólogo, necessita de uma consulta com Neuropediatra, tem que realizar uma ressonância, porém, os órgãos responsáveis por nos ajudar nada fazem. Peço aos responsáveis pela Secretaria de Saúde e pela Ação Social de Livramento que me ajude o que peço esta na Lei, meu filho tem direto a estes tratamentos, por favor, cumpram a Lei”, finalizou.

  • Livramento de Nossa Senhora

MAIS NOTÍCIAS