• Bahia: SINDMOBA denuncia sucateamento dos IMLs do estado

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Nildo Freitas

    23/04/2018 - 19:19

    O Sindicato dos Peritos Médicos e Odontos Legais da Bahia (SINDMOBA), vem, por meio desta nota, levar a conhecimento de toda sociedade baiana, os descasos do governo do estado para com a classe. O desmantelamento dos IMLs em todo estado da Bahia vem acontecendo de forma sistemática e gradual “Os IMLs do interior não contam mais com funcionários para auxiliar na digitação de laudos e exames complementares, justamente no momento em que temos aumento exponencial da carga da trabalho com um maior número de exames (seja de lesões corporais, de presos custodiados, ou seja de necropsias). Faltam materiais para realização de exames como tubo coletores de sangue, luvas, iluminação adequada de salas para exames, materiais e funcionários de higienização,” revela Dr. Murilo Safira, perito odonto legal e vice-presidente do SINDMOBA. O quadro se agrava em todo estado com a redução do número de peritos, provocado pelas aposentadorias e afastamentos por motivos diversos. Em Salvador, onde a demanda é maior, há 11 anos não se realiza um concurso público para suprir as necessidades “Contamos atualmente com cerca de 230 peritos médicos e 34 peritos odonto distribuídos na capital e interior, quantidade que não supre a demanda. Temos colegas sem poder tirar férias ou licença prêmio para não desfalcarem o serviço. Recentemente, os funcionários do IML de Teixeira de Freitas, que também é responsável por outras dez cidades da região, cruzaram os braços por atrasos nos pagamentos dos seus vencimentos, por uma empresa terceirizada, há três meses. Lá a empresa tem três funcionários contratados para serviços gerais, mas que desempenham atividades como auxiliares de necropsia e um deles acumula ainda a função de motorista de rabecão responsável pela remoção dos corpos em mais oito cidades da região. Isso é inconcebível” disse Safira. Apesar dos esforços realizados pela atual diretoria do SINDMOBA, em uma tentativa de diálogo com o governo, a categoria não tem conseguido êxito no agendamento de uma audiência com o governador Rui Costa, que tem se mostrado um democrata, mas que ignora a categoria e não abre um espaço para resolver a questão. O SINDMOBA, como representante dos Peritos Médicos e Odontos Legais da Bahia, e também entidade preocupada com a manutenção da excelência dos serviços dos IMLs do estado, afirma que vai continuar lutando pela manutenção da qualidade dos serviços junto à população e dignidade dos seus profissionais.

  • SINDMOBA
    Bahia
    Sudoeste Bahia

MAIS NOTÍCIAS