• População de Igaporã recebe informações sobre o sistema de esgotamento sanitário do município

    Foto: Divulgação | Codevasf
    Foto: Divulgação | Codevasf
    22/02/2018 - 16:36

    Cerca de R$ 1,9 milhão está sendo investido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) na implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) do município de Igaporã, no Médio São Francisco baiano. Os benefícios da obra e outras informações referentes ao empreendimento foram apresentados pela empresa à comunidade local em reunião pública no Auditório do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Igaporã, com apoio da Prefeitura Municipal. Um público estimado em 90 pessoas participou do evento, entre representantes da Codevasf, autoridades locais e populares. Durante a reunião, foi reforçada a importância do sistema de esgotamento sanitário para a saúde pública e o meio ambiente. Foram apresentados o projeto, o custo da obra e a previsão de conclusão, além dos entes envolvidos e a responsabilidade de cada um destes, relacionadas especialmente com a execução e fiscalização dos serviços, operação e manutenção dos equipamentos instalados. No momento estão sendo executados as obras e os serviços relativos à conclusão do sistema que atenderá a sede do município de Igaporã.

    Foto: Divulgação | Codevasf
    Foto: Divulgação | Codevasf

    A estimativa é de que cerca de 10,8 mil pessoas sejam beneficiadas pela obra quando estiver em pleno funcionamento. A previsão é de que os trabalhos sejam concluídos em maio de 2018. "A reunião pública consiste em uma das etapas do Programa de Comunicação Social (PCS), o qual está vinculado ao Programa de Educação Ambiental (PEA) relacionado ao SES de Igaporã, ambos aprovados pelo Inema, por ocasião do licenciamento ambiental. No final de janeiro, a Codevasf também esteve presente na Jornada Pedagógica do município", conta Izis Alves, chefe da unidade regional de meio ambiente da Codevasf em Bom Jesus da Lapa. Durante a Jornada Pedagógica, a Codevasf fez uma explanação sobre aspectos legais relacionados à educação ambiental, apresentando ainda ideias para implementação de ações pelos professores junto às suas unidades escolares. Em seguida foi realizada a oficina "Construindo um Programa de Educação Ambiental", na qual os professores descreveram os principais elementos norteadores de um PEA, demonstrando assim a sua percepção acerca do tema discutido. Ainda de acordo com Izis Alves, "estão previstas também outras ações no PEA/PCS de Igaporã, por meio de parceria com a prefeitura, como palestras e oficinas para estudantes, para os funcionários da obra e comunidade em geral com o objetivo de informar a população sobre a continuidade das obras, criando assim um canal de comunicação que favoreça o controle social do empreendimento, sensibilizando a população acerca da importância da preservação do meio ambiente, que possibilite a melhoria da qualidade ambiental no local".

MAIS NOTÍCIAS