• Ciro nega crer em 'conspiração' e diz que torce por Lula em julgamento

    Foto: Reprodução | Facebook
    Foto: Reprodução | Facebook
    Por Matheus Simoni

    21/01/2018 - 09:24

    Pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, o ex-ministro Ciro Gomes afirmou que vai torcer para que a Justiça brasileira reconheça a inocência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em julgamento em segunda instância marcado para a próxima quarta-feira (24), no 4º Tribunal Regional Federal (TRF-4), em Porto Alegre. Em mensagem na sua página no Facebook publicada neste domingo (21), o cearense afirmou ainda que não crê em uma conspiração no Judiciário contra o petista, embora seja "definitivamente constrangedor e inexplicável que nenhum quadro relevante do PSDB esteja preso apesar de fartas e robustas evidências de seu orgânico e ancestral envolvimento em corrupção". O ex-governador do Ceará afirmou ainda que imaginar algum tipo de complô "ofende a inteligência média do país". "O que quero dizer nesta hora crítica é que, apesar de seus graves problemas, a Justiça brasileira ainda deve merecer o respeito institucional da nação. O oposto é a baderna, a anarquia e, evidentemente, a violência", escreveu Ciro.

MAIS NOTÍCIAS