• Prefeitura de Guanambi finaliza o ano com quitação integral de salários, fornecedores e prestadores de serviço

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    29/12/2017 - 20:58

    Diante de todas as dificuldades que as prefeituras da Bahia e de todo o Brasil estão enfrentando para fechar as contas no fim deste ano, inclusive com a projeção nesta semana, feita pelo presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro, onde cita que 60% das prefeituras da Bahia podem não conseguir pagar o 13º salário aos seus servidores, a Prefeitura de Guanambi fechou na manhã desta quinta-feira (28), a quitação de todas as pendências financeiras referentes ao mês de dezembro junto aos servidores e fornecedores da gestão municipal. Segundo o prefeito Jairo Magalhães, os últimos pagamentos referentes ao mês de dezembro serão realizados nesta sexta-feira (29), como a quitação dos salários de todos os servidores da educação, prestadores de serviço do transporte escolar e demais fornecedores. “Esta é mais uma demonstração de equilíbrio financeiro e planejamento, a nossa gestão tem a marca de austeridade neste primeiro ano de grande crise financeira que assola todo o país, e graças a Deus, estamos fechando as contas deste ano, sem nenhuma pendência”, frisou o gestor. Com o recurso do Fundeb – (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) insuficiente, a Prefeitura complementou os recursos na ordem de R$ 2.300.000,00 (Dois milhões e trezentos mil reais), para o pagamento dos professores da rede municipal de ensino. “Sei que é a nossa obrigação pagar, e pagar em dia, mais diante de todas as dificuldades do país, e diminuição em mais de 40% da arrecadação, estamos quitando todos os salários e encargos dentro do mês”, disse o prefeito. Mesmo com a retração da arrecadação neste ano, a prefeitura de Guanambi inaugurou obras, anunciou ações e já tem a previsão de entrega de melhorias na sede, zona rural e distritos para os primeiros meses de 2018.  

MAIS NOTÍCIAS