• Plantio de maconha para fins medicinais avança no Senado

    Foto: Marcos Oliveira | Agência Senado
    Foto: Marcos Oliveira | Agência Senado
    14/12/2017 - 22:35

    Avançou, nesta quinta-feira (14), no Senado a descriminalização da maconha para uso medicinal. A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) aprovou, de forma parcial, uma sugestão legislativa que pede a legalização do plantio para consumo próprio. A proposição teve origem no voto em separado da senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), que indicou a permissão do cultivo da erva apenas para fins terapêuticos. Ela reforçou a posição contrária à descriminalização do plantio da maconha para uso recreativo. “Quanto ao mérito da ideia legislativa trazida a esta Casa, concordamos com o relator quanto a não descriminalização do cultivo da cannabis sativa para uso recreativo. Todavia, a nosso sentir, já passou da hora de se legalizar o cultivo da maconha para uso terapêutico”, ponderou a senadora. A ideia legislativa, assinada por mais de 20 mil pessoas, foi proposta por um cidadão paulista, Gabriel Henrique Rodrigues de Lima, no Portal e-Cidadania. O texto agora começa a tramitar no Senado Federal como projeto de lei. A indicação foi aprovada em votação simbólica. Com isso, foi derrubado parecer, de autoria do senador Sérgio Petecão (PSD-AC), que recomendava o arquivamento total do texto.

MAIS NOTÍCIAS