• Urandi: Prefeitura tem contas aprovadas com ressalvas e TCM determina multa de R$ 3 mil ao prefeito

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Marcos Oliveira

    12/12/2017 - 18:31

    O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta terça-feira (12/12), aprovou com ressalvas as contas da prefeitura de Urandi, relativas ao exercício de 2016. De acordo com informações obtidas pelo site Sudoeste Bahia, o prefeito Dorival Barbosa do Carmo foi multado em R$3 mil por irregularidades remanescentes no relatório técnico, entre elas: não inserção no sistema SIGA de elementos indispensáveis para o exercício no controle externo, atraso no pagamento dos profissionais do magistério do ensino fundamental e a sonegação de contrato, o que dificultou o exame pela Inspetoria Regional. Conforme o Tribunal, o gestor cumpriu todas as obrigações constitucionais, vez que aplicou 25,15% dos recursos específico na área da educação, 19,48% dos recursos nas ações e serviços de saúde e 72,24% dos recursos do Fundeb na remuneração dos profissionais do magistério. Ainda cabe recurso da decisão.

MAIS NOTÍCIAS