• Palmas de Monte Alto: Saiba quem são os vereadores que votaram a favor do aumento da taxa de iluminação pública

    Foto: Reprodução
    Foto: Reprodução
    Por Vílson Nunes

    21/11/2017 - 12:02

    Por 7 votos a 3, a Câmara Municipal de Palmas de Monte Alto, aprovou na noite desta segunda-feira (20/11), o Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 2 de 19 de outubro de 2017, que aumentará em até 110% o valor pago pelo consumidor da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (CIP), no referido município. Apesar da repercussão negativa, as vereadoras Patrícia do Rancho (PP) – Ivani Donato (PMDB), eleitas na oposição, e os vereadores Carlinhos (PSD) – Oscar do Pinga (PSD) – Rose da Barriguda (PSD) – Adenúsia Araújo (PT) e Eujácio (PCdoB), integrantes da bancada de situação, foram favoráveis à proposta do Poder Executivo e aprovaram o citado reajuste. Apenas os vereadores Bárbara de Nadir – Almir da Barriguda e Joaquim da Jurema foram contra. Por Nota, a vereadora Ana Bárbara de Castro Pinto Laranjeira, criticou a intenção da Administração Municipal. “Diante da situação em que se encontra o nosso país, não é justo o prefeito querer sobrecarregar o cidadão com mais um imposto. O povo já sofre com a falta dos serviços de saúde, tendo que arcar com gastos altíssimos. Sem contar que a contribuição vai alcançar o povo da zona rural, vejo como sendo os maiores prejudicados”, alegou a parlamentar. Procurada, a vereadora Adenúsia dos Santos Araújo, não se manifestou até o fechamento da matéria. Em sua justificativa, o prefeito argumentou que o PLC é necessário a fim de equilibrar as contas públicas. Segundo ele, o último reajuste na CIP havia sido feito em 2005. A gestão municipal não informou qual é a quantia total arrecadada mensalmente com a CIP e nem quanto é gasto para manter os serviços públicos de iluminação pública.

MAIS NOTÍCIAS