• A primeira impressão é a que fica!

    Foto: Divulgação
    Foto: Divulgação
    Por Magal Santos

    13/11/2017 - 11:32

    Hoje segunda-feira (13/11) logo pela manhã fui ate o hotel Caetité Palace para conhecer o novo presidente da INB- Indústrias Nucleares do Brasil, o senhor Reinaldo Gonzaga e toda sua equipe de trabalho(Que na minha opinião falta algumas peças bem aceitas aqui em nossa cidade que poderia compor para dar agilidade no processo de integração INB sociedade), a primeira impressão que me foi passada trata-se de uma pessoa simples e conhecedora dos problemas que irá enfrentar principalmente em tempos de crise financeira e a herança da outra gestão que foi um desastre, não apenas somente para os funcionários mas também para a sociedade caetiteense. Mas vamos deixar as coisas ruins para os maus! O Presidente Reinaldo Gonzaga de forma simples se apresentou mostrando logo seu conhecimento na área sendo funcionário de carreira concursado entende os problemas enfrentados pelos trabalhadores uma vez que é funcionário de carreira e conseguiu a presidência por mérito e competência. Prometeu mais integração com a sociedade e imprensa como um todo e  transparência quanto a questão do material radiotivo.

    Foto: Divulgação
    Foto: Divulgação

    Demandas com terras vizinhas serão discutidas para que aja um entendimento e se construa a politica da boa vizinhança. 
    Segundo o próprio presidente Reinaldo Gonzaga as dificuldades estão ae e os desafios são grandes devido aos cortes drásticos nas verbas federais mas prometeu trabalhar infinitamente com amor para que todos possam ter ganhos com a exploração do mineiro aqui em Caetité. Agora só nos resta aguardar e torcer para que esta boa impressão  permaneça e a usina comece a produzir e nossa cidade ganhe com isso inclusive nas contrapartidas na parte social que a muito tempo não temos. Seja bem vindo Reinaldo Gonzaga e toda sua equipe, Caetité costuma receber bem aqueles que verdadeiramente ama esta terra e esse povo. Reinaldo Gonzaga ingressou na INB em janeiro de 2000 através de concurso público. Graduado em Engenharia Metalúrgica pela Universidade Federal Fluminense, é mestre em Engenharia de Materiais pela Faculdade de Engenharia Química de Lorena, vinculada à USP. Sua contribuição acadêmica inclui vários trabalhos e artigos já publicados em congressos nacionais e internacionais, além da participação em diversas bancas examinadoras voltadas para sua área de especialização. Em sua trajetória profissional, foi professor universitário da Universidade de Barra Mansa em paralelo à sua carreira na INB. Na Fábrica de Combustível Nuclear em Resende foi gerente e coordenador de processos químicos nas linhas de produção de pó e pastilhas de urânio, tendo respondido pela Superintendência de Engenharia do Combustível Nuclear até ser convidado a assumir a Presidência da INB.

MAIS NOTÍCIAS