• Para Luciano Ribeiro o arquivamento da CPI fere de morte um instrumento democrático

    Foto: Divulgação | Ascom Luciano Ribeiro
    Foto: Divulgação | Ascom Luciano Ribeiro
    20/04/2017 - 07:47

    O deputado Luciano Ribeiro protestou contra o arquivamento da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Centro de Convenções, alegando que o ato "fere de morte um instrumento democrático já que não é observada a proporcionalidade. Se o governo tem a presidência e a relatoria há um desrespeito e inviabiliza o trabalho de investigação". Para o deputado, a CPI é um instrumento consagrado das minorias, tanto é que a Oposição é quem a provoca. “Eles têm que entender isso, quem não respeita a minoria, não respeita ninguém. Estão correndo de forma assustadora dessa CPI e agora ela ficou muito mais interessante", frisou Ribeiro, refutando o relato do líder do governo, Zé Neto (PT-BA), em dizer que para a Oposição instaurar uma CPI, teria que ganhar a eleição.

MAIS NOTÍCIAS