BUSCA PELA CATEGORIA "DIVERSOS"

  • Diante da atual pandemia, Testemunhas de Jeová realizam congresso on-line

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    10/07/2020 - 08:00


    DIVERSOS

    - Com a pandemia do novo coronavírus, Testemunhas de Jeová fazem, pela primeira vez, um congresso online. Os encontros começam neste sábado (11) e vão até o final do mês de agosto. o tema escolhido para o congresso de 2020 foi “Não Perca a Alegria!”. Programa - O programa, composto de mais de 50 partes envolvendo discursos, leituras dramatizadas, entrevistas e vídeos curtos será dividido em seis sessões. Nas duas primeiras sessões, uma série de discursos mostrará como obter a verdadeira felicidade; como a alegria dos membros da família pode aumentar com amor e valorização do outro; e como a natureza dá provas convincentes de que Deus deseja que todos sejam muito felizes.  As sessões do segundo dia apresentarão as maneiras da Bíblia ajudar as pessoas a se manterem alegres, à medida que procuram fazer a vontade de Deus. Além disso, será exibida a primeira parte de um filme bíblico com o tema “Neemias — ‘A Alegria de Jeová É a Força de Vocês’”. Já nas duas últimas sessões, haverá uma série de discursos com vídeos que irão demonstrar como se pode enfrentar problemas e oposição sem perder a alegria. Um discurso com o tema “Como conseguir riquezas que vão durar para sempre?” irá considerar que tipo de riquezas Deus promete para as pessoas e de que forma se pode obtê-las. Na parte final do congresso, ocorrerá a exibição da segunda parte do filme de Neemias. Em cada dia, os programas da manhã e da tarde terão início com vídeos musicais preparados especialmente para esse congresso. Programe-se: A programação do congresso está disponível no site das Testemunhas de Jeová. Segundo o porta-voz, os vídeos vão ser disponibilizados, gradativamente, conforme o calendário: sábado 11 de julho, pela manhã; sexta-feira 18 de julho, durante a tarde; sábado 1º de agosto, pela manhã; sábado 8 de agosto, durante a tarde; domingo 22 de agosto, pela manhã; domingo, 29 de agosto, durante a tarde.

  • Chuvas no Nordeste devem oscilar entre o normal e acima da média nos próximos meses

    Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia Foto: Marcos Oliveira | Sudoeste Bahia
    Por Juliana Rodrigues

    03/07/2020 - 10:00


    O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) divulgou hoje (2) um prognóstico de tendência climática para a região, visando os meses de julho, agosto e setembro

    DIVERSOS

    - Nesta quinta-feira (2), o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) divulgou, em conjunto com os Centros Estaduais de Meteorologia do Nordeste, um prognóstico de tendência climática para a região, visando os meses de julho, agosto e setembro de 2020. Este trimestre faz parte do final do período mais chuvoso em grande parte da faixa leste do Nordeste brasileiro (abrangendo as regiões da zona da mata e agreste desde o leste do estado do Rio Grande do Norte até o Recôncavo baiano), onde os valores médios históricos variam entre 300 mm e valores acima de 500 mm. A previsão climática sazonal para o Recôncavo baiano indica totais pluviométricos que podem variar de normal a acima da faixa normal climatológica. Ainda podem ocorrer episódios de chuvas extremas nos meses de julho e agosto, os quais compreendem o final do período mais chuvoso ao longo da costa leste da Região Nordeste. Em relação às temperaturas, estas deverão ficar em torno da normal climatológica em toda a Região Nordeste ao longo destes três meses. Os modelos de previsão climática sazonal de precipitação, bem como a análise das condições oceânicas e atmosféricas observadas em maio de 2020, indicam maior probabilidade de chuva dentro da normalidade no Rio Grande do Norte.

  • Função de pagamentos do WhatsApp chega ao Brasil nesta segunda

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    Por Juliana Rodrigues

    15/06/2020 - 10:00


    Transações poderão ser feitas usando cartões de débito ou crédito de instituições financeiras parceiras

    DIVERSOS

    - O WhatsApp Pay, função de pagamentos do WhatsApp, chega ao Brasil nesta segunda-feira (15). A informação é da revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios. Segundo a publicação, a funcionalidade permite transferir dinheiro e fazer compras em estabelecimentos por meio do aplicativo do mensagens. As transações poderão ser feitas usando cartões de débito ou crédito de instituições financeiras parceiras. Inicialmente, a lista inclui Banco do Brasil, Nubank e Sicredi nas bandeiras Mastercard e Visa. Os pagamentos serão processados pela Cielo e não preveem custos para consumidores e pessoas físicas. Já empresas terão de arcar com uma taxa por transação recebida. As pequenas empresas são um dos principais focos do lançamento. Segundo o diretor de operações do WhatsApp, Matt Idema, a expectativa é ajudá-las a impulsionar as vendas. “O pagamento digital torna as vendas mais fáceis e convenientes, especialmente agora, com o isolamento social”, disse ele à publicação. A função de pagamentos funcionará por meio do Facebook Pay. A função será disponibilizada gradualmente aos usuários nas próximas semanas. Será necessário cadastrar ou criar uma conta da Cielo pelo Facebook Pay, fornecendo dados como CNPJ, endereço e conta bancária da empresa. Após o cadastro, o aplicativo levará até três dias para liberar a função. As empresas não precisam ter uma conta em uma das instituições parceiras para receber pagamentos. Cada transação terá uma taxa de 3,99% e o dinheiro será recebido em até dois dias úteis. Não há limite de transações desse tipo. Já os clientes que quiserem pagar pelo WhatsApp precisarão ter um cartão de uma das instituições parcerias. Serão aceitos cartões de crédito e débito sem nenhum custo extra para o consumidor.  Entre pessoas físicas Para realizar transferências, é necessário que as duas pessoas tenham conta em alguma das instituições financeiras credenciadas. As transações não têm taxa e são concluídas no mesmo dia, se respeitado o horário de funcionamento da instituição, ou no próximo dia útil. Na função, apenas cartões de débito serão aceitos. É possível enviar até R$ 1 mil por transação e receber até 20 transações por dia, respeitando o limite de R$ 5 mil por mês. Cada transação realizada deverá ser liberada com uma senha (PIN) ou por biometria. Segundo a empresa, o mecanismo garante que nenhuma ação seja realizada sem o consentimento do usuário, mesmo que o smartphone seja perdido ou roubado. Segundo o diretor de operações do WhatsApp, o objetivo é continuar aumentando o número de instituições parceiras para levar a ferramenta a mais usuários. “O Brasil é um grande e importante mercado. Queremos ajudar mais pessoas a aderir aos serviços de pagamento digitais e aumentar a consciência sobre eles”, diz ele.

  • Bilionário, Luciano Hang recebe auxílio emergencial de R$ 600

    Foto: Romério Cunha | VPR Foto: Romério Cunha | VPR
    Por Kamille Martinho

    02/06/2020 - 15:30


    A informação, referente ao dono da Havan, foi revelada com o vazamento de dados pessoais do presidente Jair Bolsonaro e aliados na noite de ontem (2), pelo grupo de hackers "Anonymous"

    DIVERSOS

    - O dono da Havan, Luciano Hang, recebeu o auxílio emergencial de R$ 600. A informação foi revelada com o vazamento de  dados pessoais do presidente Jair Bolsonaro e aliados na noite de ontem (2), pelo grupo de hackers "Anonymous". Hang foi listado como bilionário pela Forbes. Segundo a Veja, os hackers tentaram usar nome, CPF, data de nascimento e nome da mãe do empresário para cadastrá-lo na lista do beneficio. Entretanto, na hora de preencher os dados, o sistema da Caixa informou que Hang já estava cadastrado e que recebeu a primeira parcela de R$ 600. O benefício é concedido a microempreendedores individuais, trabalhadores sem carteira, autônomos que contribuem para o INSS e inscritos no Bolsa Família. Em nota, o dono da Havan condenou o vazamento de dados e pediu que a PF investigue o caso, tanto pela divulgação de informações pessoais como no cadastro indevido ao auxílio.

  • Empresas mudam estratégia de publicidade em tempo de Covid-19

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    14/04/2020 - 19:12


    DIVERSOS

    - A pandemia fez com que as empresas mudassem a sua forma de publicitar seus negócios, para se adaptarem à situação atual. Saiba, então, como as estratégias mudaram perante o Covid-19. A publicidade é uma parte importante da ação das empresas para conseguirem chegar até seus públicos, apresentar suas estruturas e seus produtos. Ao longo dos séculos, os anúncios têm sofrido transformações para acompanhar as tendências de cada momento, mas têm mantido a sua importância para garantir o sucesso de vários negócios. O Covid-19 não veio apenas colocar em risco a vida das pessoas de todo o mundo mas também atingir, de forma severa, muitos mercados e atividades. A necessidade de frear o contágio foi, pois, responsável para que, nesse período mais crítico, as pessoas ficassem em isolamento social e muitas lojas e empresas fossem obrigadas a fechar suas portas e a fazer quarentena. Ainda que o impacto que essa travagem econômica vai ter nas economias não seja ainda previsível, as empresas continuam tentando manter sua saúde financeira, estudando as melhores estratégias de comunicação para enfrentar a crise que vivem nesse momento. Por isso, lojas físicas e online se fixam agora no uso da publicidade como uma das formas para criar estratégias de fidelização que ajudem a consolidar suas marcas e a promover a venda de produtos. Ainda assim, as estratégias que podem ser aplicadas nesse momento não podem ser as mesmas que se desenvolveram em outras épocas e precisam considerar a pandemia. Saiba como as empresas mudaram suas formas de publicidade para se adaptarem à vivência social em tempo de Coronavírus. Covid-19: a aposta das marcas na publicidade - A Kantar foi a responsável por um estudo de mercado que conclui que, perante situações de crise, as empresas que apostam em publicidade e que investem mais, têm melhores chances de desenvolvimento. No meio comercial, desaparecer do olhar dos consumidores, principalmente em momentos de crise, pode ser nocivo para a imagem da marca. Isso não só fará com que o consumidor esqueça a marca como poderá fazer com que toda a tentativa de identificação e proximidade criada pela empresa se dilua. Dessa forma, perante os acontecimentos atuais e a crise pandêmica que vivenciamos, as marcas estão apostando na publicidade, usando-a para evidenciar sua missão, seu posicionamento e seus valores. O que muda na promoção em tempo de crise? A aplicação de novas estratégias quando se realiza esse tipo de promoção é fundamental, já que, num tempo de crise, é mais importante do que nunca que a publicidade seja relevante e responsável. Uma aposta certeira na comunicação é o que irá garantir a uma empresa que manter, nos olhos do cliente, o sentido de proximidade que motiva o seu consumo, mesmo perante situações desafiantes. Assim, apresentar uma empresa com uma postura responsável, presente e relevante, pode ser fundamental para garantir a subsistência da mesma durante o período de crise e depois da sua resolução. No Brasil, o papel das marcas nesse tipo de momento tem um grande impacto na perspectiva do consumidor sobre a empresa, sendo que os brasileiros esperam, das marcas, uma postura positiva, realista e prática, que esteja em sintonia com a severidade das situações mas sem que tal resulte numa quebra com os padrões de apresentação da mesma. A aposta, na publicidade, em posturas solidárias e empáticas, incluindo as mesmas nos anúncios e nas mensagens, pode fazer toda a diferença no momento de garantir o futuro da marca. As empresas e suas campanhas perante o Covid-19: Não só no Brasil mas um pouco por todo o mundo, vamos assistindo à ação das marcas para se manterem ativas, mesmo na situação atual. As ações dessas empresas prendem-se com o cliente mas também com os seus funcionários, com os seus parceiros, com os colaboradores e com os fornecedores. Na verdade, o marketing positivo nesse tipo de situação começa mesmo quando a marca coloca a saúde e a segurança de todos os envolvidos no seu processo de produção, venda e consumo em primeiro plano. Sabendo disso, muitas marcas optaram por encerrar suas portas e por travar sua produção (ou, em alternativa, por aplicar severas medidas de segurança) antes mesmo que fosse obrigatório fazê-lo. Alguns gigantes internacionais e nacionais, como por exemplo a Apple, deram esse exemplo fechando as suas portas. No setor automobilístico, várias fábricas também encerraram no Brasil e em todo o mundo. Ações promocionais de marcas como a Oi ou a Vivo lançaram campanhas com hashtags promovendo a segurança, tal como #FiqueBemFiqueEmCasa; e marcas como a Chevrolet indicaram, até, que não era o momento para usar o carro, promovendo a mesma ideia. Assim, embora não tenham abandonado as suas formas de comunicação, as marcas sentiram necessidade de adaptá-las aos tempos. Isso poderá ser definidor do impacto futuro que o Covid-19 terá nas empresas e nas escolhas dos consumidores.

  • WhatsApp limita encaminhamento de mensagens para conter fake news sobre Covid-19

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Juliana Rodrigues

    07/04/2020 - 10:26


    Usuários só poderão compartilhar um material encaminhado, em uma conversa de cada vez

    DIVERSOS

    - O WhatsApp decidiu reduzir o limite de encaminhamento de mensagens. Agora, os usuários só podem compartilhar um material encaminhado, em uma conversa de cada vez. A medida começa a valer a partir de hoje (7) e é uma tentativa de conter a desinformação alimentada por mensagens com notícias falsas compartilhadas por meio do aplicativo, desde o início da pandemia do novo coronavírus. O aplicativo, que tem mais de 2 bilhões de usuários em todo o mundo, informou que decidiu alterar a configuração de compartilhamento após observar um “aumento significante” no número de mensagens encaminhadas desde o início da crise da Covid-19. “Acreditamos que é importante frear a disseminação dessas mensagens para que o WhatsApp continue sendo um local para conversas pessoais”, afirmou a companhia, em nota. O novo limite funcionará por tempo indeterminado. O WhatsApp tem tomado medidas para conter a disseminação de fake news desde 2018, depois que boatos disseminados por meio da plataforma desencadearam uma onda de espancamentos e mortes na Índia.

  • Mais de 100 cidades estão em situação de emergência devido às chuvas em Minas Gerais

    Foto: Alisson Pereira | TV Globo Foto: Alisson Pereira | TV Globo
    Por Juliana Rodrigues

    27/01/2020 - 08:40


    DIVERSOS

    Segundo a Defesa Civil do estado, até o momento foram confirmadas 44 mortes 

    A Defesa Civil de Minas Gerais informou na manhã de hoje (27) que subiu para 101 o número de cidades em situação de emergência devido às chuvas. Segundo informações do G1, o decreto será publicado em uma edição extra do Diário Oficial do Governo de Minas Gerais, nesta manhã. A medida vale por 180 dias e possibilita ações mais rápidas para a recuperação dos estragos e auxílio à população. Todos os órgãos estaduais estão autorizados a atuar nos trabalhos, sob coordenação da Defesa Civil. Até o momento, foram confirmadas 44 mortes no estado, registradas entre sexta (24) e domingo (26). O maior número de vítimas está na capital, Belo Horizonte, onde 13 pessoas morreram. Entre as vítimas estão crianças e bebês. Dezenove pessoas continuam desaparecidas. A maior parte das ocorrências está relacionada a risco geológico, como deslizamentos e soterramentos.

  • 2019 foi o segundo ano mais quente de todos os tempos, diz Nasa

    Foto: Arquivo | Agência Brasil Foto: Arquivo | Agência Brasil
    Por Luciana Freire

    16/01/2020 - 10:00


    DIVERSOS

    Década de 2010 foi a mais quente da história

    A década de 2010 foi a mais quente da história, sendo 2016 e 2019 o primeiro e o segundo ano mais quentes de todos os tempos, respectivamente. A informação foi divulgada hoje (15) pelas agências Nasa e National Oceanographic and Atmospheric Administration (NOAA). As análises divulgadas mostraram que as temperaturas médias globais da superfície do Planeta em 2019 foram quase 1ºC acima da média entre os anos de 1951 a 1980. Segundo os pesquisadores, o aquecimento do planeta têm sido causado em grande parte pelas emissões de  gases provenientes da queima de combustíveis fósseis. Os resultados são parecidos com os de uma análise do serviço europeu Copernicus publicada na semana passada, que também apontou 2019 como o segundo mais quente da história.

  • Prefeitura de Belmonte prorroga inscrições de Concurso Público; São 119 vagas para diferentes níveis de escolaridade

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    18/12/2019 - 12:30


    DIVERSOS

    A Prefeitura de Belmonte prorrogou as inscrições do concurso público que irá preencher um total de 119 vagas imediatas para profissionais de diferentes níveis de escolaridade. Os candidatos terão até o dia 19 de dezembro de 2019 para se inscreverem. Candidatos de nível fundamental poderão concorrer aos cargos de Motorista, Pedreiro, Encanador, Operador de Máquina, Eletricista, Serviços Gerais, Cozinheiro e Vigilante Hospitalar. As oportunidades de níveis médio e técnico são para Fiscal de Obra, Fiscal de Limpeza Pública, Agente Administrativo, Agente de Endemias, Agente de Saúde, Atendente de Farmácia, Técnico de Raio X, Recepcionista, Motorista Samu, Motorista Hemodiálise, Técnico de Enfermagem, Auxiliar de Odontologia, Orientador Social, Fiscal de Tributos, Fiscal de Meio Ambiente e Fiscal de Vigilância Sanitário. Para nível superior as vagas se destinam aos cargos de Auditor Fiscal, Procurador Jurídico, Assistente Social, Enfermeiro, Fisioterapeuta, Médico, Médico Psiquiatra, Nutricionista, Odontólogo, Professor (Pedagogo), Veterinário, Educador Físico, Psicólogo, Engenheiro Ambiental e Auditor da Saúde. O vencimento dos cargos acima varia de R$ 998,00 a R$ 5.988,00 em jornada de 30 e 40 horas semanais. Conforme consta na página do concurso, o prazo de inscrição se encerra em 19 de dezembro de 2019. O candidato deverá se inscrever no site da MS Concursos. O valor da taxa de inscrição é a seguinte: Ensino fundamenta R$ 50,00; Ensino médio e técnico R$ 65,00; Ensino superior R$ 85,00. Poderão solicitar a isenção da taxa de inscrição os candidatos membros de família de baixa renda, ou seja, aqueles com renda per capita de até meio salário mínimo ou com renda familiar de até três salários mínimos, desde que inscritos no CadÚnico do Governo Federal. A prova objetiva será realizada na data provável de 26 de janeiro de 2020.

  • CBMBA conclui segunda turma do COEPP

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    14/12/2019 - 19:00


    DIVERSOS

    Vinte e oito bombeiros militares, oficiais e praças da Bahia, e dos estados do Espírito Santo,  Roraima, Pernambuco e Rio Grande do Sul, além de militares dos Fuzileiros Navais e Força Aérea Brasileira,  e policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e da Companhia Independente de Policiamento Especializado  (Cipe Polo) concluíram o Curso de Operações em Emergências com produtos Perigosos (COEPP). A cerimônia aconteceu nesta sexta-feira (13), na sede do Departamento de Ensino e Pesquisa (DEP), do Corpo Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA), em Simões Filho. O curso teve duração de 240 horas/aulas distribuídos em teoria e pratica durante quatro semanas.

    Foto: Divulgação
    Foto: Divulgação

    "Foi um trabalho em equipe. Os dias de exaustão foram recompensados com mais essa conquista. Não viramos super-heróis nem.adquirimos super poderes, mas podemos compreender ainda mais o valor da nossa missão como especialistas em produtos perigosos", disse o orador da turma, o bombeiro militar de Roraima, 3° sargento QPC Aquila Lincon. Durante as aulas, os alunos aprendem sobre as nove classes de produtos perigosos, e gerenciam e operam em diversas ocorrências envolvendo produtos perigosos, além de eventos intencionais,  com doutrina com agentes químicos, biológicos, radiológicos e nucleares (QBRN).

  • BAMIN realiza seminário em parceria com a UFBA

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    28/11/2019 - 22:24


    DIVERSOS

    Foram convidados para o seminário colaboradores da BAMIN, representantes do Inema e das prefeituras de Caetité, Pindaí e Guanambi. 

    A BAMIN realizou o seminário “Diversidade, Conservação e Métodos de Coleta de Grupos Zoobotânicos Ocorrentes na Área de In?uência do Projeto Pedra de Ferro”, entre os dias 25 e 27 de novembro. O curso, composto por aulas práticas e teóricas, faz parte do projeto do convênio de colaboração técnica, científica, cultural e financeira firmado entre o Museu de História Natural da Bahia (MHNBA) da UFBA e a empresa. O seminário contemplou quatro grupos zoobotânicos - aves, anfíbios, peixes e plantas. Com programação diária integral, suas aulas teóricas aconteceram no Centro de Conservação Socioambiental do Projeto Pedra de Ferro, em Pindaí, e as práticas nas Reservas Legais e/ou Áreas de Compensação Ambiental da BAMIN. Os presentes também assistiram a palestra “Suporte do Hospital Veterinário 24h GUAVET em apoio a resgates de fauna”, ministrado pela Veterinária Andreza Cotrim.

    Foto: Divulgação
    Foto: Divulgação

    O evento foi encerrado com o pré-lançamento do Guia Ilustrado para Identi?cação das Espécies Ameaçadas, Raras e Endêmicas Encontradas na Área de In?uência do Projeto Pedra de Ferro da BAMIN, também parte integrante do convênio entre a universidade e empresa. Foram convidados para o seminário colaboradores da BAMIN, representantes do Inema e das prefeituras de Caetité, Pindaí e Guanambi. Sobre a BAMIN - A BAMIN é uma empresa brasileira de mineração que iniciou a formação em 2005 com um projeto pioneiro para o estado da Bahia. O empreendimento denominado Projeto Pedra de Ferro pretende produzir 20 milhões de toneladas de minério de ferro por ano, apoiado em uma gestão de excelência e sustentabilidade. A BAMIN irá transformar a Bahia no terceiro maior produtor de minério de ferro do Brasil. A Companhia possui escritórios estratégicos em Caetité, Ilhéus, Belo Horizonte e sua matriz está localizada em Salvador. O controle acionário da BAMIN é do Eurasian Resources Group (ERG). Com mais de 20 anos de sucesso na área de mineração, a empresa tem um portfólio de ativos de produção e projetos de desenvolvimento em 14 países, cruzando quatro continentes. O ERG é o maior produtor mundial de ferro-cromo, um dos mais importantes especialistas em minério de ferro, um dos dez principais produtores de alumina e o principal produtor de cobre e cobalto.

  • Gugu Liberato morre aos 60 anos

    Foto: Divulgação | Rede Record Foto: Divulgação | Rede Record
    Por Juliana Rodrigues

    22/11/2019 - 21:12


    DIVERSOS

    Apresentador teve morte cerebral após sofrer um acidente doméstico e bater com a cabeça em uma quina

    O apresentador Gugu Liberato morreu aos 60 anos, após sofrer um acidente doméstico nesta quarta-feira (20), em sua mansão em Orlando, no estado da Flórida, nos Estados Unidos. A informação foi confirmada pela BandNews. De acordo com as primeiras informações, Gugu teria tido morte cerebral. O corpo será transferido para São Paulo, onde o enterro será realizado no Cemitério do Murumbi, o mesmo onde o pai de Gugu foi enterrado. O comunicador estava colocando enfeites de Natal na parte externa da casa, onde moram seus filhos João Augusto, 17 anos, e as gêmeas Sofia e Marina, 15 anos, quando caiu de uma altura de quatro metros e bateu com a cabeça em uma quina. Ele chegou a ser socorrido para o hospital mais próximo, e foi internado em estado muito grave. A mãe de Gugu, Dona Maria do Céu, 90 anos, embarcou nesta manhã, às 10h20, para Orlando para acompanhar a situação. Ela chegou ao hospital às 16h. Atualmente, ele apresentava o reality show "Canta Comigo" na Record.

  • Mulheres praticam sexo oral em pagodeiro durante show e cumprem profecia de São Gerônimo do Maciel; veja o vídeo

    Veja o vídeo polêmico
    Por James Martins

    12/11/2019 - 08:00


    DIVERSOS

    A cena chocante aconteceu em Aracaju e foi filmada inclusive por membros da própria banda

    Há quase 10 anos, entrevistei o cantor e compositor Gerônimo na famosa Escadaria do Pagador de Promessas (Igreja do Santíssimo Sacramento do Passo) em Salvador e ali, falando sobre a questão da sexualidade no pagode baiano, ele analisou: “A maioria de quem gosta dessa música acha que esse tipo de comportamento vai de encontro à sociedade dominante. Mas a sociedade dominante gosta (...) As bandas são quase todas iguais, o cara que canta tem que ser malhado, musculoso, pra isso deixar as mulheres excitadas, com o clítoris na testa!”. E São Gerônimo inclusive arriscou uma profecia: “Vai chegar o tempo em que isso vai evoluir tanto que o cara vai mostrar é o cacete! Vai mostrar um pedaço de pa da porra e a mulher vai botar a boca no palco e chupar o p** do cantor, entendeu?”. Pois o que para muitos soou exagerado se cumpriu. E em um espaço de tempo que talvez surpreenda até o próprio profeta. Apenas 9 anos passados, no último final de semana, em Aracaju (SE), duas jovens subiram no palco da banda Uh Rei das Novinhas e, praticaram sexo oral no cantor. A cena não só aconteceu, naturalmente, diante de toda a plateia, mas já ganhou mundo, uma vez que foi filmada (inclusive por membros da própria banda) e caiu nas redes. “Assim eu gozo”, diz o vocalista no vídeo. E agora, por onde começar? Primeiro, por uma mera questão legal: o que se chama de “novinhas” nesse vocabulário se refere, em geral, ao que nós costumamos chamar de “crianças”. Só isso traz implicações de ordem policial mais graves do que o mero ato sexual em público. Que se tomem providências.

    Assista a entrevista

    Mas, eu fico me perguntando: o nosso choque (supondo que o leitor também esteja espantado) diante da cena, se deve a uma espécie de moralismo cristão ultrapassado ou tem razões de outra natureza? Aquilo, o duplo sexo oral em público, seria a realização do teatro dionisíaco ou simplesmente sinal de má gestão familiar/comunitária? Ou melhor: as meninas foram para cima do palco protagonizar a cena porque são livres ou por serem escravas? Liberdade é fazer tudo o que se quer ou seria a tão difícil “consciência do limite”? E mais: a partir de que ponto se pode distinguir o que a gente quer de verdade daquilo que nos é dado querer? Confesso que não tenho respostas simples. Mas aposto que, se for feita uma enquete sobre sexualidade entre os envolvidos no espetáculo de Aracaju (público e banda), as opiniões serão, na maioria de casos, muito mais moralistas que as minhas. Há um descompasso na condução atual do Brasil que vai dar muito trabalho para sanar. Nesse mesmo contexto estamos vendo surgir (e isso eu previ há também já uma década) os traficantes de Cristo! Assassinos sanguinários de bíblia na mão, pistola na outra e batidão de ouro no pescoço. Houve um tempo em que a música popular possibilitava que o país inteiro falasse a mesma língua. Isso acabou. Hoje, há guetos. Sujeito é superstar em um e totalmente anônimo em outro. E os guetos não se comunicam, apenas se confrontam. É preciso restabelecer a linguagem comum, um imaginário verdadeiramente nacional, para, literalmente, começo de conversa. Naquela mesma entrevista (que o editor publicou com um título sensacionalista que à época desagradou ao cantor e a mim mesmo), Gerônimo, autor de “Lambada da Delícia”, prevê também um show em que a banda inteira transará no palco (músicos, bailarinos e vocalistas) enquanto a plateia transa embaixo. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos!

  • BAMIN integra mutirões de limpeza das praias da região de Ilhéus

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    01/11/2019 - 14:04


    DIVERSOS

    A BAMIN reconhece a importância do litoral nordestino e acredita que as iniciativas de preservação e cuidados com a natureza são fundamentais hoje e no futuro. Por isso, a Companhia se solidariza com às comunidades nordestinas, sobretudo na região do litoral da Bahia, onde vem atuando junto aos órgãos públicos, para prestar assistência na limpeza das praias atingidas pelas manchas de óleo. Desde os primeiros indícios de aparecimento do óleo, a BAMIN tem estado à disposição das comunidades e atua auxiliando na mobilização dos voluntários para os mutirões de limpeza e na disponibilização de um trator e caçamba para a retirada do óleo recolhido.

    Foto: Divulgação
    Foto: Divulgação

    Outra ação importante é o apoio da equipe do Programa de Monitoramento Pesqueiro, que atua como “fiscais” de 17 pontos da praia. Estes monitores fiscalizam as praias e enviam diariamente fotos dos locais para os órgãos públicos competentes, contribuindo com informações sobre o óleo e também com os trabalhos de limpeza. Também como ação emergencial, a BAMIN disponibilizou para os técnicos do IBAMA e da UESC o espaço do CETRAS – Centro de Atendimento de Animal Silvestres, que fica instalado no Caps – Centro Ambiental Porto Sul, que futuramente será usado pelo Porto Sul. O local receberá animais encontrados nas áreas atingidas pelo óleo e serão cuidados pelos técnicos do IBAMA. O Centro também ganhou grandes tanques para armazenar água e para receber animais como tartarugas marinhas. Além destas ações, nesta quinta-feira (31), a BAMIN entregou à prefeitura de Ilhéus Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), carrinhos de mão, pás, luvas, botas, rastelos e baldes para uso dos voluntários e equipe de trabalho na limpeza das praias.

  • Marido processa amante de esposa e ganha na Justiça indenização de R$ 3 milhões

    Foto: Marcello Casal Jr | Agência Brasil Foto: Marcello Casal Jr | Agência Brasil
    Por Juliana Rodrigues

    04/10/2019 - 20:43


    DIVERSOS

    Punição foi baseada na Lei de Alienação de Afeto, de 1700, que vigora em pelo menos seis estados americanos

    Um homem ganhou uma indenização no valor de US$ 750 mil (R$ 3 milhões) na Justiça após processar o amante de sua esposa, na Carolina do Norte (EUA). Segundo informações da rede de TV americana NBC News, Robert Kevin Howard explicou que o encontro entre sua esposa e o amante teria começado em dezembro de 2016. A indenização foi liberada por um juiz que se baseou na Lei de Alienação de Afeto, de 1700, que vigora em ao menos seis estados americanos, dentre eles, a Carolina do Norte, e proporciona indenizações a partir de US$ 30 mil. Para que ela seja aplicada, é preciso que o cônjuge prove que o amor e o afeto do casal foram destruídos pelas ações negligentes ou maliciosas do réu. Após descobrir os eventuais encontros, Howard pediu explicações à mulher, que confessou. Ela então pediu o divórcio, finalizado somente dois anos depois. “Foi como um soco no estômago, porque achei que tinha essa confiança por 12 anos”, disse ele à NBC News. Howard acredita que as ações do homem (o amante de sua esposa, que não teve a identidade revelada) eram intencionais. Então, ele entrou com processo contra o amante. Baseando na Lei de Alienação de Afeto, um juiz da Carolina do Norte determinou em agosto que o amante da então esposa de Robert Kevin Howard pague o valor US$ 750 mil em indenização a ele.

  • INSS Digital está em pleno funcionamento; saiba como acessar os benefícios

    Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia Foto: Paulo Haran | Sudoeste Bahia
    02/10/2019 - 11:30


    DIVERSOS

    O chamado INSS Digital é um projeto que consiste na construção de um novo fluxo de atendimento

    O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está implantando nova forma de atendimento e de trabalho, com o objetivo, segundo o instituto, de facilitar a vida do segurado, promover qualidade de vida para os seus funcionários e mitigar problemas como falta de servidores e de agências físicas. O chamado INSS Digital é um projeto que consiste na construção de um novo fluxo de atendimento – combinando aspectos presenciais e remotos – e promete revolucionar a atual forma de atender. Em entrevista ao Sudoeste Bahia, o gerente da agência do INSS em Caetité, Mário Rebouças explicou que a e expectativa do Instituto é facilitar o acesso do cidadão aos serviços, dar uma melhor condição de trabalho e de racionalização da mão de obra ao Instituto, no sentido de suprir as demandas e necessidades, sobretudo, focando no trabalho do servidor, na parte de análise de benefícios, que é onde o Instituto percebe maior demora nos atendimentos, por conta do baixo número de servidores, dando melhor condição de acesso ao serviço pelo cidadão. Frisou que com o sistema digital o cidadão faz a solicitação de requerimento de beneficio ou serviço de manutenção do serviço que desejar direto pelo aplicativo, site Meu INSS ou pelo telefone 135. O requerimento vai então para uma fila de tarefas na gerência, onde será analisada. Ressaltou que com a modalidade digital, os serviços presenciais ficaram reduzidos, pois o acesso aos serviços do INSS serão preferencialmente pelo meio remoto, site, aplicativo ou canal de atendimento por telefone. Disse, que ainda é necessário, presencialmente nas agências, cumprimento de exigências como Prova de Vida, cópia de laudos médicos, vistas ou cargas de processos e solicitações de informações no serviço social do INSS. Ressaltou, que pessoas com dificuldade em acessar o novo sistema podem se dirigir à agências do INSS, onde serão auxiliadas por funcionários. Ouça a entrevista: 

  • WhatsApp começa a mostrar se mensagem foi encaminhada muitas vezes

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    Por Juliana Rodrigues

    05/08/2019 - 06:00


    DIVERSOS

    Novo recurso tem o objetivo de evitar a proliferação de fake news e spam

    O WhatsApp passou a informar quando uma mensagem é encaminhada muitas vezes. Segundo o aplicativo, o novo recurso tem o objetivo de evitar a proliferação de fake news e spam. A novidade, que já vinha sendo testada desde março, começou a ser liberada para todos os usuários gradualmente na sexta (2). Com a mudança, um texto, foto, vídeo ou áudio que for enviado para várias pessoas passará a ter um ícone de seta dupla, ao invés da setinha única que aparecia junto com a palavra "Encaminhado". Tanto o remetente quanto o destinatário poderão vê-lo.  O WhatsApp também notificará os usuários que forem encaminhar mensagens já repassadas múltiplas vezes com o alerta “Essa mensagem será marcada como encaminhada muitas vezes”. A nova alteração não é o único esforço do WhatsApp para tentar combater a desinformação: em janeiro, o número de compartilhamentos de uma mesma mensagem foi limitado a cinco pessoas de cada vez.

  • Esposa traída pode conseguir direito de receber indenização na Justiça

    Foto: Reprodução | Matheus Simoni Foto: Reprodução | Matheus Simoni
    Por Adelia Felix

    06/06/2019 - 20:10


    DIVERSOS

    O juiz baiano Pablo Stolze Gagliano comentou sobre diversos casos que cercam o Direito Civil

    Uma esposa traída pode obter na Justiça o direito de receber indenização por danos morais do marido, de acordo com o juiz baiano Pablo Stolze Gagliano, especialista em Direito Civil. A informação foi dada durante o programa Jornal da Cidade - II edição, na Rádio Metrópole, apresentado por José Eduardo, na noite desta quinta-feira (6). “Dentro de um casamento, quando o homem trai, e a esposa descobre. Ela pode pedir o divórcio, mas pode processar por violação ao direito da personalidade dela. Ela pode pedir indenização por dano moral e vice-versa. Quem pula a cerca pode ser processado”, disse o juiz do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Na oportunidade, Stolze também falou sobre a possibilidade de amante ter direito a receber pensão. “Amantes não têm direitos de pessoas casadas no Brasil. Mas, cada caso é um caso. O Supremo Tribunal de Justiça, em geral, não concede direito para amante. Entende que não tem direito de esposa e marido. Todavia, a vida é muito complexa. Os ministros abriram uma exceção”, detalha. O caso citado pelo magistrado é sobre um homem que mantinha uma relação com a amante há 40 anos. Contrato de Namoro - O Contrato de Namoro, quando um casal de namorados que não possui intenção de formar uma família quer garantir a proteção de seus bens patrimoniais, pode não ter validade diante da Justiça. O juiz explica que muitos fazem isso para evitar as consequências de uma união estável. “Se o juiz entende que você está em uma união… Já era”, no entanto, ele ressalta que “é improvável o juiz reconhecer união estável em tempo curto”. Fim de namoro - Outro assunto discutido durante a entrevista foi se o fim de um namoro gera indenização. “Fim de namoro não gera responsabilidade civil. Fim de namoro dói mais do que descobrir que o nome está negativado no SPC, mas não gera indenização”, alerta.

  • Garimpeiro morre soterrado ao detonar bomba em mina, em Rio do Pires

    Foto: Reprodução Foto: Reprodução
    06/06/2019 - 07:00


    DIVERSOS

    O mineiro Elson José, de 35 anos, morreu soterrado quando trabalhava em uma mina de "rutilo" na comunidade de varzinha, Córrego do Poço, no município de Rio do Pires, no Centro Sul Baiano. O acidente ocorreu na tarde desta quarta-feira (05), quando Elson estava em uma vala. Ao tentar detonar uma banana de dinamite, ele acabou ficando soterrado, por não dispor de tempo hábil para deixar o local antes da explosão. Os próprios moradores conseguiram retirar o corpo de Elson dos escombros, mas o óbito foi constato por uma equipe médica ainda no local. Informações preliminares indicam que supostamente o garimpo funcionaria de forma clandestina. As causas do acidente são investigadas pela Polícia Civil.

  • Estudantes de Bom Jesus da Lapa celebram o Dia Nacional em Defesa do Velho Chico

    Foto: Divulgação Foto: Divulgação
    03/06/2019 - 23:12


    DIVERSOS

    Estudantes dos colégios da rede estadual de Bom Jesus da Lapa celebraram, nesta segunda-feira (3), o Dia Nacional em Defesa do Velho Chico. O evento é uma alusão à campanha 'Eu viro carranca para defender o Velho Chico’, que ocorre, a nível nacional, em parceira com o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, nas cidades banhadas pelo rio. O objetivo é chamar a atenção da sociedade para a necessidade de preservação e revitalização de um dos mais importantes cursos d'água do Brasil e da América do Sul. Na programação, atividades educativas, roda de capoeira e a peça teatral 'Velho Chico: Histórias, Contos e Lendas'. No Teatro Municipal Ivonildes de Melo, ocorreu a exposição de artes 'Diversidade de um rio: todo mundo virando carranca através da arte' e uma caminhada em defesa do rio. A diretora do Núcleo Territorial de Educação de Bom Jesus da Lapa (NTE 02), Ayrleide Maria Pereira, participou da programação e destacou a importância do evento para o aprendizado e a conscientização dos estudantes. “Caminhamos com faixas, placas e cartazes para chamar a atenção da população e das autoridades para a preservação do nosso rio e das espécies que vivem nele. Nossos estudantes, como cidadãos, precisam saber sobre a história do lugar e pensar em formas de cuidar e defender o São Francisco, que é vital para o nosso município”, conta. Para a estudante Maria Clara Andrade, 15 anos, do 2º ano do Ensino Médio, do Colégio Estadual São Vicente de Paula, o uso inadequado das águas do rio e a estiagem, devido aos fatores climáticos, são prejudiciais para o crescimento do município e para o meio ambiente. “As pessoas precisam se conscientizar que, se não preservar, vai acabar. Nosso rio está sumindo cada dia mais e precisamos dele para irrigar as plantações, matar a sede dos animais e até movimentar o turismo da cidade”, pontua. Já Camila Santos, 17, também do 2º ano, afirma que o trabalho de conscientização é fundamental para a revitalização do rio. “Temos que cuidar do que é nosso. O Brasil é rico em recursos hídricos, mas o Velho Chico está vulnerável. Esta é a nossa forma de mostrar que estamos atentos e contamos com a colaboração da população para lutarmos juntos, para que o rio continue existindo”.